Você esteve no BDF

Site Meter

.:: Parem tudo, o amor não existe!

Padeiro Maluco

Ontem, no final da tarde, aconteceu um fato inusitado que merece uma atenção especial por parte do Padeiro Maluco.  Estávamos no bar, curtindo um merecido happy hour, quando um amigo chegou, pediu um chopp e foi logo dizendo. “O amor não existe isso é balela, literatura, ficção, só fica bem mesmo nas páginas dos livros e nas telas dos cinemas.”

 

Por alguns segundos o silêncio pairou sobre a mesa, até que um casal que estava presente disse: “Mas é claro que o amor existe!” Pronto, essa frase foi o estopim... Naquele momento começou a terceira Guerra Mundial.

 

Sempre que ouço alguém falar de amor, percebo que essa palavra vem sempre acompanhada de alguns sinônimos, “pureza”, “santidade”. Ora! Isso nada tem a ver com amor. Então o que é o amor? Se a definição correta para amor é a que está em I Coríntios 13 (Bíblia), pode-se afirmar com todas as letras o amor não existe! Analise comigo.

I Coríntios 13:4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece,

 

I Coríntios 13:5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal;

 

I Coríntios 13:6 não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;

 

I Coríntios 13:7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.  

 

O amor é tudo isso mesmo? Então estamos ferrados pelo simples fato de sermos criaturas imperfeitas e falíveis, residindo em um planeta onde não existe nem mesmo o amor entre pais e filhos.

 

Sei que vai aparecer muita gente dizendo que não é bem assim, que temos que analisar melhor, debater, interpretar. Mas é óbvio, os seres humanos não sabem e nunca souberam dar um significado a esta palavra! Vamos combinar... Ninguém consegue seguir tudo isso à risca e o tempo todo, e o texto nem admite um meio termo, é isso e pronto! Você não acha que seria mais humano e mais coerente se ele fosse escrito assim: O amor é sofredor até certo ponto... E por aí vai.

 

As pessoas que acreditam no amor geralmente acham que ele sempre esteve ali imóvel, intocável, e independente de qualquer coisa...Por fim, discutir se o amor existe ou não, se é divino ou não, se amamos ou não, é bobagem, pois sempre vão existir mais e mais teorias...Então política, futebol, religião e agora o AMOR não se discutem.  


About | druckversionPrint Version | Sitemap
© Padeiro Maluco - Qualquer coincidência é mera semelhança